mountain-biker-man-take-of-his-bike-fronm-the-car-roof-active-sport-picture-id1210361667

Bicicletas no Carro: As melhores soluções de transporte

3 min de leituraLifestyle
Estão aí as férias de verão 2022, uma oportunidade para desfrutar da natureza que nos rodeia. Se não sabe como transportar as suas bicicletas no carro, este artigo vai ser uma boa ajuda. Há várias opções a ter em conta.
Partilhar esta mensagem

Passear de bicicleta, numa ciclovia junto à praia ou num trilho no campo, em família ou com amigos, é uma ideia sempre tentadora. Mas - há sempre um ‘mas’ - muitos de nós acabamos por não o fazer, porque parece complicado transportar as bicicletas no carro, para o destino final das férias. Embora na maioria dos carros seja possível transportar a bicicleta no porta-malas ou no banco traseiro, isso obriga a tirar as rodas. Mesmo num SUV haverá a necessidade de desmontar qualquer coisa, ao mesmo tempo que corremos o risco de sujar o carro com algum pingo de óleo. Com as bicicletas do lado de fora do carro, haverá mais espaço para os passageiros e para toda a “tralha” que habitualmente levamos para as férias. Assim, é importante ficar a conhecer as diferentes soluções de transporte de bicicletas, assim como as suas vantagens e desvantagens.

1. Cremalheira de tejadilho

É uma das formas mais populares de transporte de bicicletas e já a vimos em inúmeros carros com que nos cruzamos na estrada. Há opções de cremalheiras de tejadilho que podem ter a seguinte forma: sem remover a roda dianteira ou com a roda dianteira removida. Com a roda dianteira removida, há cremalheiras que incluem um garfo opcional que pode ser bloqueado para evitar o roubo das bicicletas.

Vantagens: . O interior fica com mais espaço para passageiros e bagagem; . É a forma mais estável e segura de transportar bicicletas; . O acesso ao porta-malas e interior fica desimpedido.

Desvantagens: . Colocar as bicicletas no suporte requer alguma destreza física; . O carro não vai poder passar em zonas de tetos baixos, nomeadamente em algumas garagens.

2. Porta-malas de bicicleta

Opção à medida de utilizadores mais ocasionais, que não precisam de um suporte permanente para carregar a bicicleta. Este sistema também pode ser trocado facilmente entre cada um dos carros que haja na família ou entre um grupo de amigos. Mas as bicicletas, assim como a cremalheira, ficam mais suscetíveis a roubos e danos.

Vantagens: . São mais económicas; . Podem ser usadas por vários automóveis; . As bicicletas são fáceis de carregar num porta-malas e pode ficar de olho na segurança enquanto conduz.

Desvantagens: . Danos na bicicleta se não estiver bem presa ao suporte; . Um acidente traseiro vai danificar as bicicletas; . Limita o acesso ao porta-malas do carro.

3. Suporte de engate

É facilmente instalada no recetor de engate do reboque, na parte traseira do veículo e alguns podem ser adaptados para transportar várias bicicletas. Existem vários modelos que permitem que a bicicleta seja pendurada no suporte em berços de borracha ou plástico. Todos os modelos permitem que a bicicleta seja transportada sem retirar as rodas.

Vantagens: . Fácil de montar e de partilhar entre automóveis; . Fácil de carregar. Alguns modelos têm dobradiças que permitem o acesso ao porta-malas do veículo sem ter de retirar as bicicletas; . O modelo de plataforma protege as bicicletas, resistindo ao balanço e minimizando o contacto entre as bicicletas; . Solução adequada para utilizadores frequentes.

Desvantagens: . Modelos completos podem ser caros; . Modelos de base podem interferir no acesso ao porta-malas; . A menos que bem protegidas, as bicicletas e a cremalheira estão sujeitas a roubo; . Um acidente traseiro danificará as bicicletas; . As cremalheiras que são projetadas para carregar vários modelos de bicicleta podem ser pesadas.

Agora que já ficou a saber mais sobre os diferentes sistemas, o melhor é consultar as marcas disponíveis e conversar com o vendedor. Este poderá acrescentar informação especifica, relacionada com a marca, e que vai ajudá-lo a fazer a sua escolha. Depois de montar o sistema escolhido, só falta seguir viagem e desfrutar das suas férias com toda a segurança e conforto. Já agora, como o calor que anda por aí, recomendamos que os seus passeios de bicicleta tenham lugar logo de manhã - pela fresca - ou ao fim da tarde.

Publicado a 28 de julho de 2022
Esse artigo foi útil?
ThumbsUp

Sim

ThumbsDown

Não


28 de julho de 2022
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Automóvel
Pneus de Verão: Escolha os melhores para o seu carro12 julho - 4 min de leituraArrowRight
Inovação
Cinco comerciais que vão dar energia ao seu negócio24 março - 5 min de leituraArrowRight
Mobilidade
Car as a service: Uma tendência a ter em conta22 março - 3 min de leituraArrowRight