Problemas comuns nos automóveis. Guia prático de diagnóstico

2 min de leituraAutomóvel
Saber identificar e diagnosticar problemas comuns no seu automóvel é uma vantagem para qualquer condutor. Exploramos neste artigo algumas das ocorrências técnicas mais frequentes, que podem ocorrer num carro e deixamos-lhe as dicas certas para as identificar.
Partilhar esta mensagem

Já nos aconteceu a todos. Estamos a conduzir o nosso automóvel e subitamente somos surpreendidos por uma luz de alerta que se acende no painel de navegação ou por um ruído que não estávamos à espera. Alguma coisa não estará, é o que pensamos automaticamente. Sim, até pode ser o caso, mas não vale a pena entrar em pânico, como muitas vezes acontece.

Um automóvel é um equipamento e como tal pode ter falhas. Mesmo quando respeitamos as datas das revisões periódicas, passo fundamental para que tudo funcione na perfeição. Como prometido, descrevemos de seguida as 7 situações mais comuns, que levam o automóvel a dar sinal de que algo não está bem.

1. Luz de aviso do motor: Pode indicar várias questões, sendo útil a leitura de códigos de erro através de um scanner OBD-II. Deve imobilizar de imediato o automóvel e consultar o seu serviço de assistência em viagem.

2. Ruídos estranhos: Podem sinalizar problemas na direção assistida ou nos pneus, entre outros. Faça a sua própria verificação e se o problema persistir explique a situação ao seu serviço de assistência em mecânica. Ou seja, fale com o seu mecânico e diga-lhe que tipo de ruídos o preocupam.

3. Problemas de travagem: Dificuldades ao travar ou ruído ao usar os travões podem indicar desgaste das pastilhas de travão. É também um motivo para conversar com o seu mecânico.

4. Sobreaquecimento do motor: Este problema pode ser causado por falhas no sistema de arrefecimento, como radiadores obstruídos ou fugas. Convém imobilizar de imediato o automóvel e consultar o seu serviço de assistência em viagem.

5. Perda de potência: Problemas no sistema de combustível, falhas de ignição ou no sistema de exautão podem causar perda de potência.

6. Vibrações excessivas: Vibrações ao conduzir podem indicar pneus desalinhados ou problemas na suspensão.

7. Falhas no arranque: As dificuldades no arranque do veículo podem ter origem numa bateria descarregada, problemas no motor de arranque ou falhas no sistema de ignição.

Como o leitor já percebeu, saber identificar estes problemas pode ajudar a manter o seu carro em boas condições e evitar reparações dispendiosas. É claro, para diagnósticos e reparações mais complexas, convém não inventar. É sempre recomendado procurar um profissional qualificado. Este artigo oferece um ponto de partida para a compreensão destes problemas, mas não substitui o aconselhamento de um especialista.

Publicado a 7 de fevereiro de 2024
Esse artigo foi útil?

Mais sobre
7 de fevereiro de 2024
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Automóvel
Escovas limpa-para-brisas. Descubra a sua importância26 dezembro 2023 - 2 min de leitura
Automóvel
Natal na estrada. Festa sim. Hospital, não!21 dezembro 2023 - 2 min de leitura
Automóvel
Segurança na estrada. Como evitar o aquaplaning 24 novembro 2023 - 2 min de leitura