Gestão de sinistros

Estamos consigo, mesmo nos piores momentos

Apesar dos cuidados na estrada, os acidentes acontecem. Para minimizar o problema, é essencial saber como atuar nestas situações.

  1.  
    Que tipos de sinistro existem?

    Existem duas tipologias de sinistros: o sinistro isolado, sem a implicação de terceiros, e o sinistro com terceiros. A forma como é realizada a participação é importante para que a seguradora consiga regularizar o sinistro com rapidez e assertividade.

  2.  
    Como participar um sinistro?

    Normalmente, os sinistros são participados com recurso à Declaração Amigável de Acidente Automóvel (DAAA). Embora seja um documento elaborado para que os condutores, envolvidos num sinistro com terceiros, possam acordar amigavelmente sobre a responsabilidade, é também utilizado para as participações de sinistros isoladas.

 

Não se esqueça do registo fotográfico!

Para além do preenchimento da declaração, ou mesmo que não exista um acordo amigável entre os intervenientes, é sempre importante fotografar o local do acidente.

Fotografias que ilustrem a posição dos carros na via, a tipologia de via, a sinalização existente, os danos causados, e a identificação dos veículos através das matrículas, podem, em muitos casos, ajudar a resolver e clarificar uma possível discussão acerca da responsabilidade entre seguradoras.

 

E as autoridades podem ajudar.

Num acidente, a intervenção das autoridades policiais é sempre aconselhável quando os intervenientes não consigam chegar a um acordo. Nessa circunstância, provavelmente, os condutores irão participar versões contraditórias às respetivas seguradoras. Nestes casos, elementos como as medições da via ou a análise do local do acidente pelas autoridades, poderão ajudar resolver o litígio.

As testemunhas, caso existam, devem também ser referenciadas e identificadas junto das autoridades. É ainda fundamental a presença das autoridades caso um dos veículos envolvidos não tenha seguro válido ou condutor sem documentos válidos.

Peritagem automóvel

A peritagem é fundamental para avaliar os danos e estimar o valor da reparação. Como resultado da peritagem, é elaborado um relatório no qual é celebrado um acordo entre o perito e a oficina sobre a intervenção necessária para o carro.

Habitualmente, a peritagem é feita em oficina. Esta é realizada num dos Centros de Colisão, numa das opções de serviço disponíveis quando o seguro está contratado com a LeasePlan:

Peritagem presencial sem hora marcada

O condutor marca, diretamente com a LeasePlan, o dia da peritagem. Nesse dia, o condutor deverá deixar o seu carro na oficina selecionada à hora de abertura da mesma. O perito, designado pela LeasePlan, deslocar-se-á à oficina para fazer a peritagem. Assim que a peritagem for concluída, o condutor é informado para recolher o carro.

Peritagem Drive-In

É um serviço disponível em algumas oficinas. O condutor marca, diretamente com a LeasePlan, o dia mais conveniente para se dirigir à oficina. Dependendo da oficina, pode optar pelo o horário da manhã (das 08:30 às 11:30) ou da tarde (das 14:00 às 17:00). Após escolher o período do dia, o cliente pode deslocar-se à oficina, esperar no máximo 30 minutos e a peritagem será realizada. Isto porque, durante esse período de tempo, o perito já se encontra em oficina.

Foto-Peritagem em oficina

É também um serviço disponível em algumas oficinas. O condutor marca, diretamente com a LeasePlan, o dia mais conveniente para se dirigir à oficina. Dependendo da oficina, pode optar pelo o horário da manhã (das 08:30 às 12:00) ou da tarde (das 14:00 às 17:00). A oficina dispõe de um sistema de mecanismo integrado com o perito, que permite, por recurso a fotografias, a avaliação dos danos.

Envio de fotografias para peritagem

Após o sinistro, se o carro circular apresentando apenas danos ligeiros e se a localidade para reparação for Lisboa ou Porto, a peritagem e a avaliação dos danos poderá ser realizada por recurso a fotografias. Após a abertura do processo de sinistro, a LeasePlan solicitará o envio de fotografias do veículo e a confirmação da localidade para a reparação. De seguida, deverá aguardar o contacto da LeasePlan ou da oficina para o agendamento da reparação.

Finalmente, a reparação!

  1.  
    Não fique sem respostas.

    O acompanhamento de todo o processo de reparação, em oficina, pela LeasePlan é o que distingue este serviço de uma seguradora tradicional. Desde o dia da peritagem até ao final da reparação, é dado, aos clientes e condutores, um feedback contínuo sobre o estado da reparação do carro.

    Num momento em que se verificam cada vez mais dificuldades na obtenção de peças por parte dos fabricantes automóvel ou oficinas com menos recursos, os atrasos nas reparações são mais frequentes, o que pode resultar na insatisfação do cliente ou condutor. Desta forma, o condutor ao ser informado sobre todos os desenvolvimentos do seu processo de reparação, sente-se devidamente acompanhado.

    Além disso, a LeasePlan conta com uma equipa especializada para acompanhar e testemunhar, em oficina, todos os desenvolvimentos e procurar soluções para evitar os atrasos nas reparações.

Encontre o próximo carro para o seu negócio

Selecionamos as melhores ofertas de renting automóvel para PME.

Perguntas frequentes

Pretende obter mais informações? Estamos aqui para ajudá-lo.

Ligue 800 10 70 70

Disponível de segunda a quinta-feira, das 09:00 às 17:30. Às sextas-feiras, disponível das 09:00 às 17:00.

LIGAR JÁ
e-mail

Envie um e-mail

Entre em contacto connosco através do endereço de e-mail renting.auto@leaseplan.com.

Enviar já