WLTP

O que é e o que vai mudar?

O WLTP é o novo procedimento de medição do consumo de energia (combustível e energia elétrica), de emissões de CO2 e de outros poluentes para os veículos ligeiros (passageiros e comerciais).

O objetivo do WLTP

O WLTP foi criado para substituir o antigo procedimento NEDC (New European Driving Cycle) para ter informação mais fidedigna e real de acordo com a evolução tecnológica da industria e de acordo com a condução que atualmente se pratica.

Países onde o WLTP é aplicável

O WLTP entra em vigor em todos os 28 países da Europa e da EFTA (Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein). Será também aplicável na Austrália, China, India, Japão, Coreia do Sul, Moldávia, Rússia, África do Sul e Turquia.

Condições de teste considerados pelo WLTP

O ciclo de testes é divido em 4 partes com diferentes velocidades: baixa, média, alta e muito alta. Cada parte varia com as várias fases de condução, aceleração, paragens e travagem. Algumas das condições de teste são:

  • Comportamentos de condução
  • Maior intervalo de situações de condução (urbano, suburbano, estrada, autoestrada)
  • Teste em longas distâncias e com uma duração mais longa
  • Temperaturas médias da Europa
  • Velocidade média e máxima mais elevadas
  • Aceleração média e máxima mais elevadas
  • Teste mais dinâmico e com acelerações e desacelerações representativas
  • Paragens curtas
  • Contabiliza os equipamentos opcionais
  • Condições de configuração mais rigorosas e medição do veículo

Etapas da introdução do WLTP

  1. 1 de Setembro de 2018:

    Todos os novos veículos são registados de acordo com o WLTP. Exclui-se os veículos em final de série e em stock que já tenham sido registados segundo o procedimento NEDC, e que deverão ser vendidos até setembro de 2019.

  2. 1 de janeiro de 2019:

    Todos os concessionários deverão mostrar os valores de CO2 de acordo com WLTP para não confundir os consumidores.

  3. 1 de Setembro de 2019:

    Após esta data todos os veículos devem seguir o protocolo WLTP (regulação stock residual ficar a sem efeito).

  4. Durante 2020:

    A Comissão Europeia converterá as metas de CO2 atuais (baseadas no NEDC) em objetivos específicos de WLTP. Estas novas metas do WLTP serão aplicadas para monitorar a conformidade da frota de veículos

Diferenças entre o NEDC e o WLTP

WLTP

  • Ciclo de teste dinâmico e mais representativo da condução real
  • Ciclo de distância: 23,25 Km
  • Velocidade média: 46,5 Km por hora
  • Influência de equipamento opcional: características adicionais (as quais diferem consoante o veículo) são tidas em conta
  • Teste de temperatura: medições a 23ºC, valores CO2 corrigidos a 14ºC
  • Ciclo de tempo: 30 minutos
  • 4 fases de condução: 52% de condução urbana e 48% não-urbana
  • Velocidade máxima: 131 Km por hora
  • Pontos de alteração de mudanças de velocidade consoante o veículo

NEDC

  • Ciclo de teste único
  • Ciclo de distância:. 11 Km
  • Velocidade média: 34 Km por hora
  • Influências de equipamento opcional: Impacto de CO2 e performance de combustível não considerados
  • Teste de temperatura: medições a 20-30ºC
  • Ciclo de tempo: 20 minutos
  • 2 fases de condução: 66% de condução urbana e 34% não-urbana
  • Velocidade máxima: 120 Km por hora
  • Veículos têm pontos fixos de alteração demudança de velocidade

Mais informações sobre o WLTP?

Preparámos um E-book para o ajudar a saber mais sobre o novo procedimento.

Preparámos um E-book para o ajudar a saber mais sobre o novo procedimento.

Faça aqui o download