A pensar num futuro que não chegou

Lancia Delta

Vinha com a lição estudada - estilo distinto, bons motores e interior versátil - para combater os premium alemães. As vendas não corresponderam.

Lancia Delta

Vinha com a lição estudada - estilo distinto, bons motores e interior versátil - para combater os premium alemães. As vendas não corresponderam.
 
 

Com olhos no segmento premium

Antes de se tornar numa marca de um só mercado (Itália) e de um só modelo (Ypsilon), a Lancia teve nomes históricos como o Delta, que rapidamente nos traz à memória o final dos anos 1980 e início dos anos 1990 quando correu com sucesso no mundial de ralis.

A segunda geração do Delta foi descontinuada em 1999, mas em 2008 a Fiat-Chrysler apostou num último fôlego do pequeno familiar.

Este derradeiro Delta caraterizava-se pelas linhas esbeltas, tendo como fim principal roubar clientela aos premium.

 

Elegância faz a diferença

Neste último suspiro de internacionalização, de forma a dignificar o seu passado glorioso, a Lancia apontou o Delta para o segmento premium.

As linhas exteriores elegantes, tipicamente italianas, e o interior espaçoso, confortável, bem equipado, de aspeto distinto davam o mote.

Entre o equipamento destaque para o sistema de som Bose, comandos no volante, sistema Blue & Me (da Microsoft), navegação por satélite, controlo de estabilidade eletrónico e amortecimento controlado eletronicamente.

 

Opções Diesel e a gasolina

O último Delta foi lançado com as versões a gasolina 1.4 T-Jet 16V de 120 cv e 150 cv, além dos Diesel 1.6 Multijet 16V de 120 cv, 2.0 Multijet 16V de 165 cv e do 1.9 Multijet 16V biturbo de 190 cv.

Em 2010, chegou o 1.4 T-Jet Multiair de 140 cv (para substituir o de 150 cv) e o 1.8 Di T-Jet 16V de 200 cv.

Em 2011, por ocasião do facelift, o 1.6 Multijet 16V de 105 cv.

Esta renovação da gama trouxe ainda uma nova frente de família derivada dos Chrysler.

Especificações técnicas

Motor
Consumo NEDC: 4,4 L/100km
Cilindrada: 1598 cc, 4 cilindros, Diesel
Tração dianteira
Performance
Velocidade máxima: 186 km/h
Emissões de CO2: 115 g/km
Aceleração 0-100 km/h 10,7 seg.
Diversos
Lugares: 5
Capacidade da bagageira: 380 Litros
Suspensão: Triângulos sobrepostos

O Lancia Delta é um dos modelos históricos da marca italiana. Um dos motivos para a sua popularidade são o Delta integrale ou o Lancia s4, modelos de sucesso na competição. Aliás, no início de 2021 foi leiloado nos EUA um exemplar do Lancia Delta integrale evo 2 por perto de 80 mil euros. O Lancia HF Integrale é até aos dias de hoje o modelo mais bem-sucedido no campeonato do mundo de ralis. Em agosto do ano passado foi também leiloado um Lancia Delta Integrale Martini, uma edição comemorativa dos cinco campeonatos de construtores ganhos sucessivamente no WRC, por 95 mil euros. O Lancia Integrale tem sido alvo de várias réplicas e “restomod”, sendo que muitos destes Lancia Delta HF Integrale têm sido reconvertidos em elétricos. Uma das recriações mais recentes e vistosas é assinada pela Automobili Amos, um Lancia Delta 2018 futurista, que ao mesmo mantem a silhueta do HF Integrale tradicional. Já o Lancia Delta s4, teve uma versão especial de estrada que previa uma produção de 200 unidades. O primeiro Delta mais “picante” foi o Lancia Delta HF apresentado em 1983. Na terceira e última geração, o Lancia Delta 2010 recebeu o motor 1.4 Multiair de 140 cv e o 1.8 Di T-Jet de 200 cv.

Sabe o que é o renting automóvel?

A líder global LeasePlan é o seu parceiro ideal.

Conheça as nossas ofertas em campanha e encontre seu próximo carro novo!

EXPLORAR AS NOSSAS OFERTAS

Pretende obter mais informações? Estamos aqui para ajudá-lo.

Ligue 800 10 70 70

Disponível de segunda a quinta-feira, das 09:00 às 17:30. Às sextas-feiras, disponível das 09:00 às 17:00.

LIGAR JÁ
e-mail

Envie um e-mail

Entre em contacto connosco através do endereço de e-mail renting.auto@leaseplan.com.

Enviar já