Berlina a hidrogénio é uma demonstração do carro do futuro
 
 

O futuro do hidrogénio, agora.

A segunda geração do Mirai representa um salto importante na demonstração das potencialidades do hidrogénio por parte da Toyota.

A berlina pauta-se pelo bom comportamento ao volante, elevado conforto e silêncio a bordo, que permite uma condução relaxada. A isso junta uma boa dotação de equipamento e os baixos custos de utilização.

Além do preço um pouco elevado, o principal fator dissuasor à compra do Mirai poderá ser a fraca rede de abastecimento de hidrogénio, sobretudo em Portugal.

 

Menos prático que os rivais

Nesta segunda geração, o Mirai está esteticamente mais apelativo.

Contudo, devido a configuração a hidrogénio obrigou a algum sacrifício da componente prática deste modelo de três volumes, sobretudo no que diz respeito à capacidade da mala e do espaço disponível para os ocupantes da segunda fila, quando comparado com os principais concorrentes premium.

O ambiente no interior é, no entanto, pautado por um aumento de qualidade substancial face ao antecessor – aproximando-se dos padrões da Lexus.

 

Um motor, três versões

Apesar da dificuldade de acesso a postos de abastecimento de hidrogénio, a Toyota decidiu disponibilizar o Mirai em Portugal.

A berlina de quatro portas está disponível em três níveis de equipamento: Luxury, Premium e Limousine.

O Mirai de segunda geração tem 4975 metros de comprimento, perto de duas toneladas de peso e tração traseira.

O sistema propulsor, similar ao de um carro elétrico, disponibiliza 182 cv e 300 Nm, operando em conjunto com uma caixa de variação contínua.

Especificações técnicas

Bateria
AutonomiaWLTP: 650 km
Tempo de abastecimento:3 minutos
Capacidadeda bateria: 1,24 kWh
Performance
ConsumoWLTP: 0,79 kg/100 km
Emissõesde CO2: 0 g/km
Velocidade Máxima: 175 km/h
Diversos
Lugares: 5
Capacidade da bagageira: 321 Litros
Suspensão:Tipo MacPherson/barra de torção

O Toyota Mirai é uma berlina de quatro portas movido a pilha de combustível (que opera a hidrogénio). O Mirai 2020 tem a vantagem de ter tração traseira e 182 cv de potência. O Toyota Mirai 2020 opera com um sistema similar ao de um carro elétrico, embora com vantagens claras em termos de alcance. Isto significa que o Mirai 2 Toyota emite apenas vapor de água do escape. Em concreto, a Toyota Mirai autonomia atinge 650 km – valores WLTP. A versão original Toyota Mirai 2014 não foi proposta em Portugal. Este modelo, que chegou à produção como Toyota Mirai 2015, ficava-se por mais escassos 152 cv e apenas 502 km de autonomia. O Toyota Mirai 1 tinha tração dianteira. O chassis do Mirai Toyota 2020 dará origem ao futuro Lexus GS. Na gama atual em Portugal, o Toyota Mirai 2020 preço é apenas superado pelos valores pedidos pelo Land Cruiser. Apesar do preço ainda um pouco elevado para o cliente final, a marca japonesa acredita que os baixos custos e o crescimento da rede de abastecimento de hidrogénio poderão contribuir para uma redução substancial do Toyota Mirai preço, tornando-o numa boa alternativa aos modelos a gasolina.

Sabe o que é o renting automóvel?

A LeasePlan é o seu parceiro ideal.

Conheça as nossas ofertas em campanha e encontre seu próximo carro novo!

EXPLORAR AS NOSSAS OFERTAS

Pretende obter mais informações? Estamos aqui para ajudá-lo.

Ligue 800 10 70 70

Disponível de segunda a quinta-feira, das 09:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:30. Às sextas-feiras, disponível das 09:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:00. Chamada gratuita.

LIGAR JÁ
e-mail

Envie um e-mail

Entre em contacto connosco através do endereço de e-mail renting.auto@leaseplan.com.

Enviar já