Mini 4x4
 
 

Um verdadeiro todo-o-terreno

O Suzuki Jimny de 2019 chegou ao mercado com um estilo nostálgico e capacidades de condução fora de estrada que agradaram imediatamente a muitos compradores.

Mas o modelo deixou de ser vendido na Europa porque as suas emissões de CO2 eram demasiado altas.

Este jipe é um clássico instantâneo, sobretudo devido às fortes aptidões fortes aptidões TT, por via do sistema AllGrip Pro.

Como principais defeitos está a mala pequena, performance não muito entusiasmante e o refinamento.

 

Estilo nostálgico e capacidades 4x4

O Suzuki Jimny de 2019 não seguiu a tendência dos SUV atuais, derivados de plataformas usadas em veículos de passageiros, mas apostou na tradição, com um chassis de verdadeiro todo-o-terreno. O estilo é assumidamente inspirado nos mais antigos 4x4 da Suzuki, com linhas muito quadradas que o tornam apelativo ao primeiro olhar.

O interior do Jimny dá prioridade à simplicidade, por isso os materiais utilizados não são impressionantes. Devido às reduzidas dimensões exteriores, o espaço interior também não é muito vasto, a não ser em altura. Os dois lugares de trás são pouco indicados para adultos e a mala quase desaparece se os quatro lugares estiverem a ser usados.

O estilo rústico do exterior e o ambiente austero são coerentes com as capacidades de condução fora de estrada, que estão ao nível do melhor que se pode encontrar no mercado. 

 

Versões a gasolina e híbridos

Apenas um motor disponível no Jimny de 2019, uma unidade de quatro cilindros em linha a gasolina, atmosférico e com apenas 1,5 litros de capacidade. Com uma potência de 102 cv e 130 Nm de binário. Um motor relativamente simples, com injeção indireta, duas árvores de cames à cabeça e feito em alumínio.

A transmissão às quatro rodas tem caixa de transferências, com “altas e baixas” e eixos rígidos, tanto à frente como atrás. A receita tradicional para fazer um bom 4x4. Até a direção é por recirculação de esferas, o método mais clássico para obter bons resultados na condução fora de estrada mais exigente.

Contudo, este conjunto motor/transmissão limita as prestações em estrada e faz subir os consumos e as emissões, a Suzuki anuncia 178 g/100 km de CO2, o que é muito para um carro que pesa apenas 1165 kg no total. Por isso, o modelo foi retirado do mercado europeu de veículos de passageiros.

Especificações técnicas

Motor
Consumo WLTP: 7,9 l/100 km
Cilindrada: 1462 cc, 4 cilindros
Tração às quatro rodas
Performance
Velocidade máxima: 145 km/h
Emissões de CO2: 178 g/Km
Diversos
Lugares: 4
Capacidade da bagageira: 85 Litros
Suspensão: Eixo rígido/Eixo rígido

Sabe o que é o renting automóvel?

A LeasePlan é o seu parceiro ideal.

Conheça as nossas ofertas em campanha e encontre seu próximo carro novo!

EXPLORAR AS NOSSAS OFERTAS

Pretende obter mais informações? Estamos aqui para ajudá-lo.

Ligue 800 10 70 70

Disponível de segunda a quinta-feira, das 09:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:30. Às sextas-feiras, disponível das 09:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:00. Chamada gratuita.

LIGAR JÁ
e-mail

Envie um e-mail

Entre em contacto connosco através do endereço de e-mail renting.auto@leaseplan.com.

Enviar já