Contrato de Renting. O que fazer em caso de acidente?

2 min de leituraRenting
O renting é uma forma de ter carro novo cada vez mais comum entre nós. Uma das dúvidas mais frequentes é o que fazer em caso de acidente, caso o condutor esteja ao volante de um automóvel em renting. Explicamos-lhe tudo aqui.
Partilhar esta mensagem

Uma das vantagens do renting é a tranquilidade que proporciona ao condutor que conduz um automóvel ao abrigo deste tipo de contrato de aquisição. É que, como o leitor já deve saber, todos os custos relacionados com o automóvel ficam a cargo da empresa locadora, mediante o tal contrato que prevê apenas o pagamento de uma prestação mensal. Em caso de acidente, que é o tema deste artigo, o condutor também tem o conforto de contar com o apoio da locadora. Contudo, deve ter em conta os seguintes 5 procedimento.

1. Segurança! Como é óbvio, a primeira coisa a fazer é verificar se não houve feridos e se não é necessário chamar a assistência médica. É essencial garantir a sua segurança e a de todos os ocupantes do veículo, assim como outras pessoas envolvidas. Mais, após o momento do acidente, deve acautelar o estado em que fica o local da ocorrência, sinaliza bem, para que outros condutores não venham a envolver-se também no acidente.

2. Informar a empresa de renting. Sim, as empresas de renting que prestam um serviço de qualidade dispõem de canais de atendimento que permitem o contacto direto com os seus clientes. Neste caso, com o condutor que teve o acidente. Através deste canal de comunicação, o condutor pode receber orientações específicas sobre como proceder e informar da melhor forma possível.

3. Registar as informações do acidente. A recolha de informação é crucial. Deve incluir o local exato, data e hora, as informações de todas as partes envolvidas e a descrição dos danos. Se possível, fotografe ou filme um vídeo do local do acidente para documentação adicional. Quanto mais informações conseguir reunir, melhor será a gestão da ocorrência.

4. Informar as autoridades. É essencial em caso de acidente com danos materiais. Certifique-se que tem os documentos do veículo e a sua carta de condução. Isso vai ajudar a garantir que o acidente seja devidamente registado. Guarde também os documentos que possam ser produzidos pela autoridade policial que tomar conta da ocorrência.

5. Comunicar o sinistro seguro. Verifique as condições do seguro incluídas no contrato de renting e informe a seguradora sobre o acidente. Como sabe, para o fazer corretamente vai ser necessária toda documentação relacionada com o acidente. Novamente, a empresa de renting poderá dar-lhe todas as informações sobre como proceder em relação ao seguro. Pode até ser a empresa locadora a tratar dessa participação ao seguro.

Agora já sabe, em caso de acidente - e antes de mais - é muito importante assegurar que todos os envolvidos estão em segurança. Só depois é que deve preocupar-se em comunicar o ocorrido, registar todas as informações necessárias e seguir as orientações da empresa de renting e das autoridades. Agir de forma responsável e eficiente ajuda a garantir uma gestão adequada da situação e a minimizar potenciais problemas no processo.

Publicado a 28 de novembro de 2023
Esse artigo foi útil?

Mais sobre
28 de novembro de 2023
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Lifestyle
Ano novo com nova atitude ao volante 11 janeiro - 1 min de leitura
Lifestyle
Conduzir com luvas. É proibido, seguro ou mais confortável...26 outubro 2023 - 2 min de leitura
Lifestyle
Viagem segura. O que é obrigatório - por lei - levar no carro14 setembro 2023 - 3 min de leitura