Imposto Único de Circulação: Não se esqueça de pagar e saiba como fazer

2 min de leitura
O Imposto Único de Circulação (IUC) é uma taxa obrigatória para proprietários de veículos. Fique a saber tudo para ter a documentação sempre em dia.
Partilhar esta mensagem

É verdade que ninguém gosta de pagar taxas e impostos, mas quem anda na estrada sabe que é importante ter a documentação toda em ordem. O Imposto Único de Circulação (IUC) é uma das formalidades que é preciso pagar anualmente e tem como objetivo compensar os custos ao ambiente e à via pública causados pela circulação do veículo. É obrigatório para todos os condutores que possuam automóveis e o seu valor depende das características do veículo. Mas há mais coisas para saber. Venha daí.

Sou obrigado a pagar o IUC?

Sim, se for proprietário de um veículo. Todos os proprietários, sejam pessoas singulares ou coletivas, têm a responsabilidade de pagar o IUC de qualquer veículo que esteja em seu nome.

6 tipos de veículos que não pagam IUC

Sim, há veículos que são a exceção à regra e estão dispensados de pagar IUC. De acordo com certas condições, alguns dos casos que têm direito a isenção deste imposto são:

  1. Veículos totalmente elétricos ou movidos a energias renováveis não combustíveis;
  2. Táxis ou outros veículos da categoria A que se destinem ao serviço de aluguer com condutor;
  3. Veículos cujos proprietários sejam pessoas com deficiência igual ou superior a 60%;
  4. O veículo em questão é um modelo clássico de uso ocasional, com pelo menos 30 anos, e uma peça de museu;
  5. Ambulâncias, veículos funerários, tratores agrícolas. Veículos pertencentes a uma embaixada, consulado ou organização humanitária de bombeiros;
  6. Veículos declarados perdidos a favor do Estado, abandonados ou apreendidos no âmbito de um processo-crime, durante essa mesma apreensão.

Quando tenho de pagar o IUC?

O pagamento do IUC é feito anualmente. Pode ser feito a partir do início do mês anterior ao registado da matrícula portuguesa, que consta no Documento Único Automóvel ou no livrete, e até ao final do mês da matrícula. Por exemplo, se a matrícula tiver a data de 6 de junho, o IUC deverá ser pago entre 1 de maio e 30 de junho.

No caso de se tratar do ano em que matricula o veículo, o IUC deve ser pago entre o dia de registo da própria matrícula e os seguintes 90 dias.

Qual é o valor do IUC do seu carro?

O valor do IUC depende de vários fatores. Quanto maior a cilindrada do motor, ou a quantidade de emissões de CO2, maior será o valor a pagar. A data da primeira matrícula também afeta o valor do IUC - este será mais alto se a matrícula for mais recente.

O tipo de combustível também influencia o valor. Por exemplo, os carros a gasóleo pagam um imposto um pouco mais alto do que os a gasolina, enquanto veículos elétricos e híbridos têm mais benefícios fiscais.

Para saber o valor exato do seu Imposto Único de Circulação, pode utilizar o simulador do IUC ou consultar as tabelas de informação.

Agora que já conhece melhor a natureza deste imposto, esperamos que consiga fazer o pagamento da melhor maneira possível, sem preocupações. Verifique a data de matrícula e crie um lembrete na sua agenda. Assim, não vai deixar passar a data e ser surpreendido por uma multa por falta de pagamento do IUC.

Publicado a 1 de janeiro de 0001

1 de janeiro de 0001
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Automóvel
Tem carta de condução internacional? Saiba do que precisa para conduzir fora do país30 junho - 3 min de leituraArrowRight
Automóvel
Acidentes dentro das localidades - Evitar só depende de cada um de nós…09 fevereiro - 4 min de leituraArrowRight
Mobilidade
Irlanda aperta o cerco aos carros a gasolina e a diesel26 julho 2019 - 1 min de leituraArrowRight