iStock-1249553485-1-1

Segurança rodoviária: Tolerância zero para incumpridores

1 min de leituraMobilidade
O Parlamento Europeu aprovou no dia 6 de outubro uma resolução que visa incrementar a segurança rodoviária, limitando o álcool a 0%, a velocidade a 30 km/h nas cidades e o uso do telemóvel.
Partilhar esta mensagem

Admitindo que todas medidas aplicadas até aqui não têm conseguido reduzir o número de acidentes graves, como era pretendido, os parlamentares europeus aprovaram agora medidas mais restritivas.

Em causa está a proibição de álcool para os condutores, a limitação a 30 km/h da velocidade nas áreas urbanas e o impedimento de utilizar dispositivos que desviem a atenção da estrada, por exemplo o telemóvel.

O objetivo é acabar com as fatalidades e os ferimentos graves, até 2050, e conceder maior segurança aos utilizadores das estradas europeias. Recorde-se que, por ano, morrem cerca de 22.700 pessoas em acidentes rodoviários e outras 120.000 ficam feridas.

segurança

Ranking Europeu de Segurança Rodoviária

No rankingdos países com mais mortes nas estradas por ano, destaca-se a Roménia (85), a Letónia (67), a Polónia (65) e a Lituânia (63). Já os países com menos vítimas são: a Suécia e a Noruega (18), Malta (21) e a Islândia (22).

Em Portugal, são cerca de 52 mortes anuais, mais do que em Espanha (29), França (39), Itália (40), Suíça (26) ou Alemanha (33).

A decisão do Parlamento Europeu tem agora de ser aprovada pelos outros órgãos europeus e, depois, pelos diferentes países. A União Europeia refere ainda que “70% das fatalidades envolve peões, ciclistas e motociclistas”.

Publicado a 21 de outubro de 2021

21 de outubro de 2021
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

AutomóvelAutomóveis passam a incorporar “caixa negra” em 202226 agosto 2021 - 2 min de leituraArrowRight
AutomóvelJeep Gladiator chega ao mercado europeu em 202010 agosto 2020 - 1 min de leituraArrowRight
MobilidadeBruxelas pressionada a impor limitadores de velocidade nos automóveis06 agosto 2020 - 1 min de leituraArrowRight