Veículos elétricos: Carregamento rápido ou ultrarrápido?

1 min de leituraMobilidade
Os postos de carregamento elétrico apresentam diferentes características que afetam a velocidade de carregamento dos Veículos elétricos (VE). Fique a conhecer as diferenças entre os dois tipos de carregamento.
Partilhar esta mensagem

Carregar um veículo elétrico (VE) é um processo muito simples. A rede de postos de postos carregamento público está em grande crescimento e oferece velocidades diferentes para que o automóvel possa seguir viagem com as baterias recarregadas. É verdade, sobretudo entre os condutores menos familiarizados com a mobilidade elétrica, ainda persiste alguma falta de informação sobre o que são estas diferentes velocidades de carregamento. Se é o seu caso, este artigo é para si. De seguida, explicamos-lhe tudo.

A diferença entre o carregamento rápido e ultrarrápido

A diferença entre estes tipos de carregamento reside na potência de cada um. E ambos estão apenas disponíveis nos designadosPostos de Carregamento Rápido (PCR).

O carregamento rápido utiliza uma potência superior a 22 kW (valor considerado semirrápido), normalmente a rondar os 50 kW. O tempo de carregamento depende sempre do veículo, da capacidade da sua bateria e da capacidade do carregador. Mas tem o potencial de ser bastante mais rápido que o carregamento normal ou abaixo de 22 kW.

O carregamento ultrarrápido, também chamado de super rápido ou ultra rápido, tem uma potência bastante superior aos restantes. Normalmente, postos que oferecem este tipo de carregamento têm uma potência de 120 kW a 160 kW. Novamente, o tempo de carga dependerá do veículo, da sua bateria, e do carregador. Mas este carregamento tem potencial para ser muito mais rápido que o carregamento rápido.

Para saber exatamente quanto tempo demorará a carregar determinado VE, é importante consultar as informações sobre esse modelo, assim como do próprio posto de carregamento. É importante lembrar, também, que embora seja mais rápido e conveniente, a utilização de postos de carregamento ultrarrápido não deve ser frequente, uma vez que poderão sobrecarregar as baterias e reduzir o seu tempo de vida funcional. Por fim, pode parecer uma evidência, mas não fará qualquer sentido tentar carregar um VE num posto que ofereça uma velocidade superior aquela que o VE suporta.

Publicado a 25 de maio de 2022

25 de maio de 2022
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Mercado
As vendas dos carros elétricos estão em alta18 outubro 2021 - 1 min de leituraArrowRight
Automóvel
Automóveis elétricos têm isenção de IUC13 outubro 2021 - 2 min de leituraArrowRight
Mercado
Xiaomi EV Company: mobilidade elétrica e condução autónoma17 setembro 2021 - 1 min de leituraArrowRight