marcas vendidas

Mercado Automóvel: Os mais vendidos em 2021

1 min de leituraMercado
Uma tempestade perfeita. A pandemia, a crise dos semicondutores e das matérias-primas fizeram de 2021 um dos piores anos nas vendas da indústria automóvel. Fique a conhecer a dimensão dessas quebras, assim como o ranking das 10 marcas com melhores resultados na Europa.
Partilhar esta mensagem

As contas estão feitas e a primeira conclusão a tirar é que 2021 foi mais um ano difícil para a indústria automóvel. A pandemia e a crise dos semicondutores tiveram um efeito muito negativo, que se traduziu em quebras acentuadas nos resultados comerciais da maioria das marcas. O número de automóveis registados na europa foi muito mais baixo do que em 2019, 2018, ou mesmo em 2013, que foi um dos piores anos das últimas décadas. De acordo com os dados da Jato Dynamics, 2021 terá sido mesmo o pior ano desde 1985, com um total de 11,75 milhões de unidades registadas.

E no ano passado, olhando para o ranking das marcas, a Volkswagen foi quem apresentou melhores resultados, com 1.273.892 automóveis comercializados - o que, ainda assim, representa uma descida de 5,6% face a 2020 e de 28,1% face a 2019. Logo a seguir surge a Peugeot, com um total de 727.973 automóveis vendidos. Na terceira posição temos a Toyota, com um total de 706.056 unidades comercializadas nos 28 países que contam para as estatísticas da Jato Dynamics, sendo que a marca nipónica é a primeira a registar uma subida (9,6%) face aos resultados do ano passado. Para que possa ficar com uma ideia da performance das marcas no mercado europeu, deixamos-lhe aqui a tabela completa:

  1. Volkswagen | 1 273 892 un.
  2. Peugeot | 727 973 un.
  3. Toyota | 706 056 un.
  4. BMW | 681 252 un.
  5. Renault | 676 651 un.
  6. Mercedes-Benz | 640 385 un.
  7. Audi | 596 260 un.
  8. Skoda | 585 361 un.
  9. Ford | 553 658 un
  10. Hyundai | 510 810 un.

A bem da mobilidade e de toda uma indústria, a expectativa mais otimista é que 2022 possa trazer um desanuviamento dos problemas que marcaram o ano passado e que o sector possa entrar em retoma.

Publicado a 17 de fevereiro de 2022

Mais sobre
17 de fevereiro de 2022
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Gestão de frotasEconomia mundial em disrupção. Qual o impacto na gestão de frotas?22 abril - 4 min de leituraArrowRight
Gestão de frotasGuia rápido para a gestão de frotas23 março 2020 - 2 min de leituraArrowRight
Gestão de frotasQuando a gestão da frota se torna complexa25 fevereiro 2020 - 3 min de leituraArrowRight