168626578_469664660955479_6380569326091469820_n

Piëch Mark Zero: o automóvel para puristas

1 min de leituraInovação
A Piëch Automotive surgiu em 2017, na Suíça, e pondera ter a sua própria montadora. De acordo com o co-fundador, Toni Piëch, o Piëch Mark Zero será um automóvel desportivo, luxuoso e inovador que custará cerca de 150 mil francos.
Partilhar esta mensagem

Há centenas de fornecedores de autopeças na Suíça, mas com a fundação da Piëch Automotive, o país passou a ter a sua própria fabricante. Toni Piëch, o bisneto do fundador da Porsche, tem a ambição de reavivar a indústria automobilística suíça e quer posicionar este carro desportivo movido a eletricidade num mercado altamente competitivo.

O nosso objetivo é produzir objetos de paixão, em outras palavras, carros intemporais para os puristas amantes da tecnologia. A nossa visão é servir a um nicho claramente definido, e alcançar uma rentabilidade sólida a longo prazo.

Toni Piëchco-fundador da Piëch Automotive

Piëch Mark Zero

O Piëch Mark Zero já foi apresentado no Salão do Automóvel de Genebra de 2019 e encantou o público automóvel. Este modelo tem dois lugares e um sistema elétrico muito eficiente. O carregamento da bateria, a 80%, demora menos de cinco minutos e tem autonomia até 500 quilômetros.

Espera-se que o carro esteja no mercado em breve, mas Toni Piëch ainda não divulgou uma data exata.

Para além do Piëch Mark Zero, a empresa pretende lançar ainda mais dois modelos desportivos: um de quatro lugares e um SUV. Segundo a marca, estes serão os automóveis que terão maior procura e, no caso dos SUVs, poderão servir como porta de entrada no mercado asiático.

Publicado a 18 de junho de 2021
18 de junho de 2021
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Gestão de frotasEconomia mundial em disrupção. Qual o impacto na gestão de frotas?22 abril - 4 min de leituraArrowRight
Gestão de frotasPasse à frente da fila com a nova área de pedidos do My Fleet02 dezembro 2021 - 2 min de leituraArrowRight
Gestão de frotasQuando a gestão da frota se torna complexa25 fevereiro 2020 - 3 min de leituraArrowRight