iStock-458105971

Ferrari 100% elétrico chega em 2025

2 min de leituraInovação
O CEO da Ferrari deixou a garantia de que o desejado automóvel vai chegar ao mercado em 2025. Mas, ainda não existem detalhes concretos do modelo elétrico que será um marco na indústria. Para já, aproxima-se a apresentação do Purosangue - o primeiro SUV da marca.
Partilhar esta mensagem

O carro será tudo o que sonharam que os engenheiros e designers de Maranello podem fazer. Esta será uma boa oportunidade para trazer a exclusividade e paixão da Ferrari para as novas gerações.

John ElkannCEO da Ferrari

Ferrari Purosangue

Nos próximos meses, a fabricante transalpina estará bastante ocupada com três novos modelos que serão lançados em 2022. Mas a novidade mais aguardada é o Ferrari Purosangue, um modelo que surge devido ao crescimento de um segmento de mercado que se mostra cada vez mais lucrativo.

De acordo com as imagens já reveladas do protótipo, haverá algumas semelhanças estéticas com o Maserati Levante. Porém, em breve, a marca de Maranello irá afirmar, de forma explícita, as diferenças.

Ferrari Purosangue

Estou convencido quanto a este carro e ao seu conceito técnico. Acredito que encontrámos um conceito e um conjunto que consegue ser, ao mesmo tempo, um verdadeiro SUV, capaz de convencer os clientes deste tipo de automóveis, mas também uma proposta fortemente diferenciadora, na sua base, daquilo que são os SUV existentes.

Michael LeitersDirector Técnico da Ferrari

Quanto às dimensões, o Purosangue apresentará uma distância ao solo bem menor que o Levante, além de exibir um capot mais longo, do qual faz parte uma protuberância, a anunciar o local onde o motor está posicionado.

Se assim for, existe a forte possibilidade de se venha a optar por vários tipos de blocos, desde V6 a V8 e V12. Neste último caso, opção reafirmada no sistema de quatro ponteiras semelhante à dos modelos GTC4 e 812, ambos impulsionados por motores V12.

Tudo indica, com base numa de duas novas arquitecturas, as quais darão origem a dois tipos de modelos totalmente distintos: uma, para superdesportivos com motor em posição central, como será o caso do aguardado F8 Tributo, e outra, para modelos com motor à frente, tipo GT, e que servirá também o Purosangue.

Acredita-se também que a arquitectura criada será especifica para este modelo, e não para uma gama ou produtos semelhantes. Como acontece, por exemplo, na Volkswagen com o Audi Q7, Volkswagen Q7, Bentley Bentayga e Lamborghini Urus.

Uma coisa é certa... os altos níveis de performance e a capacidade dinâmica já reconhecidas nos modelos da marca estarão presentes neste automóvel. Assim como, o espaço e conforto habituais do segmento premium.

Publicado a 29 de abril de 2021
29 de abril de 2021
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

Gestão de frotasEconomia mundial em disrupção. Qual o impacto na gestão de frotas?22 abril - 4 min de leituraArrowRight
Gestão de frotasPasse à frente da fila com a nova área de pedidos do My Fleet02 dezembro 2021 - 2 min de leituraArrowRight
Gestão de frotasQuando a gestão da frota se torna complexa25 fevereiro 2020 - 3 min de leituraArrowRight