chuva

É tempo de preparar o seu automóvel para o inverno

2 min de leituraAutomóvel
Sim, ainda está bom tempo. Mas já dizia o ditado: “mais vale prevenir do que remediar”.
Este é o momento certo para se prevenir das intempéries, deixando o seu carro apto para as condições mais extremas.
Partilhar esta mensagem

1. Avalie o estado da bateria

As baterias têm maiores dificuldades em trabalhar sob climas frios, pois a energia gerada baseia-se em reações químicas, que por sua vez são influenciadas pela temperatura.

Assim, caso a bateria do seu automóvel tenha mais de 5 anos, deve substituí-la antes do inverno. Se for recente, procure fazer um teste de potência. Caso a leitura registada seja inferior a 12V, significa que a sua bateria não está a funcionar em perfeitas condições e deve ser mudada.

2. Verifique o estado dos pneus

Os pneus são o único componente do veículo em contacto com a estrada e, como tal, têm de estar em bom estado e preparados para as constantes variações de velocidade e condições climatéricas.

Comece por verificar o piso. O limite legal para que um pneu possa circular é de 1,6mm. No entanto, com 3mm de piso já é necessário mais 20% de espaço para conseguir travar em segurança. Por esse motivo, recomendamos que substitua os pneus do seu automóvel todos os invernos.

3. Mude as escovas do pára-brisas

No verão, a borracha das escovas seca e depois, com as chuvas de inverno, tendem a desgastar-se mais rápido. Por essa razão, deixam de ser eficientes na limpeza do vidro, reduzindo a visibilidade durante a condução. O ideal será substituí-las já nesta época do ano.

4. Confira o estado das luzes

Quase tão importante como conseguir ver bem, é conseguir ser visto pelos demais condutores. Sob condições de chuva torrencial, as luzes de presença e de nevoeiro são um dos principais aliados dos condutores.

Relembramos que verificar o estado das luzes deve ser uma tarefa regular e não apenas no inverno.

5. Substitua o líquido anti-congelante

É  importante que o sistema de refrigeração do seu automóvel não seja alimentado por água, mas sim por um líquido anti-congelante. Se utilizar água, e caso o seu carro esteja exposto a temperaturas negativas, esta corre o risco de congelar, não arrefecendo o motor nos momentos iniciais e podendo provocar danos bastante sérios.

Os líquidos anti-congelantes aguentam temperaturas até -20ºC e garantem que o seu motor funcione à temperatura ideal. Mas para que cumpram a sua função, estes devem ser mudados todos os anos, garantindo que não perde quaisquer propriedades durante os ciclos de utilização.

Publicado a 18 de novembro de 2021

18 de novembro de 2021
Partilhar esta mensagem

Artigos relacionados

AutomóvelOnde estão os radares em Outubro12 outubro 2021 - 4 min de leituraArrowRight
AutomóvelComo transportar crianças em segurança no seu automóvel07 setembro 2021 - 2 min de leituraArrowRight
Gestão de frotas8 aspetos da otimização da frota10 fevereiro 2020 - 2 min de leituraArrowRight