Frota verde: carros elétricos e híbridos a favor do meio ambiente

Apesar dos mitos sobre os carros elétricos e híbridos, a frota mundial elétrica cresceu mais de 50% no ano passado.

4 de Julho de 2019

Uma frota verde gasta um terço do que se gasta com veículos à combustão

O presente é elétrico. Antes, o que podia parecer uma invenção futurista, agora é realidade. A frota mundial de carros elétricos cresceu 55% em 2018, e países como a China já contam com 1,2 milhões destes veículos circulando pelas ruas. A eletricidade está ganhando o lugar dos motores à combustão, responsáveis por gerar 24 toneladas de dióxido de carbono (CO2) durante um ciclo de vida útil de um veículo.

Na Europa, 467 mil mortes por ano são resultado dos altos níveis de poluição, que agravam doenças respiratórias, cardiovasculares e neurológicas. Também já é comprovado que a poluição diminui a produtividade agrícola e acidifica a água da chuva, prejudicando o ambiente como um todo. Em contrapartida, carros elétricos não emitem CO2 em seu funcionamento. E, mesmo que em alguns países os carros elétricos sejam produzidos com fontes de energia não-renováveis, ainda assim a emissão de dióxido de carbono é 40% menor em comparação aos modelos à combustão.
Este percentual pode ainda ser menor se, como no caso do Brasil, a matriz energética for de fontes renováveis, como a energia solar, eólica e hidrelétricas.

Outra opção de veículo que surge junto com os elétricos são os carros híbridos. Este modelo, com duas fontes usadas para gerar energia, pode reduzir em 70% a emissão de CO2 se o combustível usado for o etanol. Sendo assim, pelo Brasil ser um dos maiores produtores deste biocombustível, o veículo híbrido flex é uma ótima solução para contribuir com o meio ambiente. Para uma empresa, tanto veículos elétricos quanto híbridos oferecem benefícios em relação aos custos por quilômetro rodado. Uma frota verde gasta um terço do que se gasta com veículos à combustão. Isto por causa dos custos menores com manutenção, consertos, lubrificantes e, também, impostos. A partir de novembro de 2019, a alíquota de veículos elétricos e híbridos será de 7% a 20%, variando de acordo com o nível de eficiência energética e com o peso do veículo. E em cidades como São Paulo, a frota elétrica pode se beneficiar com o desconto de 50% no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e, também, a isenção do rodízio.

A LeasePlan está antenada com esta tendência. A primeira mudança que a empresa fará será em relação a frota interna, em que os veículos à combustão darão lugar aos veículos elétricos e híbridos. Sendo assim, até 2021 toda a frota interna da LeasePlan será de veículos com baixa emissão ou emissão zero de CO2. Outro compromisso que a empresa tem com o meio ambiente é alcançar a emissão zero líquida até 2030.

Esta transformação elétrica não é uma das únicas razões que tornam a LeasePlan uma empresa eco-friendly. Confira outras práticas em prol do meio ambiente da empresa aqui.

Gostaria de falar mais sobre terceirização de frota?

Para terceirização ou gestão de sua frota

Ligue para (011) 3296-8670 e fale com nosso time comercial. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Leia também

24 de Junho de 2020

8 tecnologias que moldarão o futuro da mobilidade

O futuro está mais perto do que você pensa! Conheça as 8 inovações que irão moldar o futuro da mobilidade

17 de Junho de 2020

Mobilidade Corporativa através da Terceirização de Frotas

Saiba como facilitar a retomada do seu negócio pós quarentena do COVID-19 através da Terceirização de Frotas!

9 de Junho de 2020

De olho na embreagem

Como aumentar a vida útil do carro?!