Cuidado com os pneus 

A conservação do carro da empresa vai muito além do lava rápido

10 de Outubro de 2019

Engana-se quem pensa que cuidar do carro da empresa é só entregar para o rapaz do lava rápido, ou fazer aquela tradicional vistoria na oficina. Para que o veículo possa rodar tranquilamente nas estradas e avenidas da cidade é preciso prestar atenção nas rodas. Aproveitou para abastecer? Não deixe de pedir para o frentista conferir a calibragem dos pneus. São minutos que podem te salvar de um problema maior e até mesmo prevenir de um grave acidente. E nem precisa jogar no Google para saber mais sobre o assunto, dá só uma olhada:

Perigo na pista

Se você não presta atenção nos pneus, está correndo um grande risco. Quando eles estão descalibrados, perde-se a aderência no solo. Um perigo iminente em dias de chuva ou em casos de uma frenagem brusca. 

Dá para calibrar o pneu, amigo?

A calibragem é o item número 1 e essencial para uma boa manutenção do carro. Ao ajustar a quantidade de ar dentro do pneu, você consegue reduzir o desgaste, consumir menos combustível e até mesmo diminuir o risco de acidentes. Mas atenção: você precisa antes conferir qual é a calibragem ideal para seu carro, pois cada montadora tem a sua. Geralmente, localizamos a pressão preconizada no manual do proprietário, na tampa do reservatório de combustível ou na coluna da porta do motorista (o local varia de acordo com o veículo). E não dá para calibrar uma vez a cada seis meses. É importante calibrar os pneus a cada quinze dias. Sempre lembre também de calibrar o estepe, pois, quando se fizer necessário o utilizar, você já estará preparado e com segurança!

Diferenças entre calibragens

Durante a calibragem, é preciso se atentar em relação à diferença de pressão. Geralmente, a pressão dos pneus dianteiros é maior em comparação com a dos traseiros. Então, a dica é colocar duas a três libras a mais nas rodas da frente. No entanto, é bom conferir com o manual do fabricante, pois existem alterações em relação aos fabricantes e entre o número de passageiros, carga e bagagem transportada. 

No limite

Nada de manter o carro sempre limpo e brilhante e deixar as rodas no limite. Pneus carecas são um sinal de perigo e devem ser substituídos o quanto antes. O ideal é que sejam trocados quando a profundidade da banda atingir 1,6 mm. Uma boa dica para não deixar chegar no limite, é verificar a variação da pressão do pneu sempre que for calibrar, monitore quanta pressão o pneu perdeu. Altas quantidades de perda de pressão podem indicar uma avaria no pneu, na válvula ou na própria roda.

Para não restar dúvidas, a principal dica da LeasePlan é você sempre priorizar a manutenção preventiva da sua frota. 

Share this

Leia também

18 de Junho de 2021

As qualidades certas para um excelente gestor de frotas

Como ser um bom profissional para administrar a frota da sua empresa.

15 de Junho de 2021

Como a COVID-19 afetou a produção de veículos no Brasil?

Setor automotivo: estratégias para comprar melhor na pandemia

11 de Junho de 2021

Frota própria X Frota terceirizada

Frota própria vs. Frota terceirizada: descubra qual a melhor opção para a frota da sua empresa.