Como reduzir acidentes no trânsito?

Algumas regras são essenciais para diminuir os sinistros e salvar vidas

27 de Maio de 2019
 

Cerca de 30 milhões de pessoas são vítimas de acidentes de trânsito todos os anos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Só no Brasil, 130 acidentes acontecem por dia, gerando um gasto de R$ 50 bilhões por ano aos cofres públicos por causa de sinistros. Para reduzir estes números, a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) junto a Organização Mundial de Saúde (OMS) lançaram a década de Ação pela Segurança no Trânsito em 2011, e as medidas de conscientização adotadas mostram resultados. No Brasil, o balanço feito pela Polícia Federal Rodoviária, com o nome de operação Rodovida 2017/18, os acidentes diminuíram em 7,7% em comparação ao ano de 2016/17. Por isso, a prioridade para reduzir cada vez mais estes números é a conscientização e educação no trânsito.

Um dos comportamentos que provoca acidentes é o uso do celular ao volante. Poucos segundos de distração ao ler uma mensagem ou atender uma ligação aumentam as chances de um acidente em 400%, segundo pesquisa feita pelo Departamento de Trânsito dos Estados Unidos.

A causa de morte em 21,9% dos acidentes no trânsito é o excesso de velocidade e 9,3% por ultrapassagens perigosas, de acordo com a Polícia Federal Rodoviária. Práticas como dirigir respeitando os limites de velocidade e estar atento aos trechos em que são proibidas ultrapassagens não só evitam acidentes como salvam vidas.

Mesmo com mais de 20 anos de lei que torna obrigatório o uso do cinto de segurança, em 3588 acidentes registrados pela Polícia Federal Rodoviária, os passageiros e o motorista estavam sem cinto. Quando é usado no banco da frente, o risco de morte reduz em 45%, como afirma a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

Tecnologia que salva vidas

Uma das medidas que pode auxiliar a empresa a compreender o comportamento de seus condutores e evitar acidentes é a telemetria, uma tecnologia que gera informações precisas e em tempo real sobre a dirigibilidade dos condutores, como excesso de velocidade, rotas, acelerações e frenagens bruscas, entre outros indicadores, e que permitem ao gestor tomar decisões de forma mais assertiva.

Um passo à frente

A melhor forma de garantir que os motoristas da frota tenham uma direção defensiva é conscientizando a importância de seguir as leis de trânsito. Entendendo isso, a LeasePlan tem o ‘Programa de Condução Preventiva’, que contamos com alguns profissionais do tema para aplicar o seu conhecimento em palestras e treinamentos. São diversas dicas para o condutor em forma de vídeo, posts nas redes sociais e e-mails voltados para a empresa, feitos de acordo com o perfil da frota, que que é mapeado conforme análise dos indicadores de comportamento da frota. A Telemetria é uma ferramenta que potencializa também este mapeamento.

Outra prática que a LeasePlan tem para evitar acidentes e tornar a viagem mais segura, são as revisões e manutenções periódicas. Acessando o nosso site, você pode agendar diversos serviços para o seu veículo e deixar que ele só ande pelas estradas com o máximo de segurança.

Prezar por segurança é prezar pela vida! Evite acidentes seguindo as leis de trânsito

Gostaria de falar mais sobre terceirização de frota?

Para terceirização ou gestão de sua frota

Ligue para (011) 3296-8670 e fale com nosso time comercial. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Leia também

17 de Julho de 2019

Terceirização de frotas: menores custos e preocupações

Como reduzir até 30% dos custos da sua frota.

11 de Julho de 2019

Os próximos passos da mobilidade

Novas tendências da mobilidade envolvem sustentabilidade, tecnologia e segurança

4 de Julho de 2019

Frota verde: carros elétricos e híbridos a favor do meio ambiente

Carros elétricos: vale a pena já considerá-los na minha frota?